Mais dois suspeitos de coronavírus foram confirmados como investigados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) no Centro-Oeste, após novo boletim divulgado nesta sexta-feira (6).

Os casos foram registrados em Córrego Fundo e Formiga.

Ao todo, são seis casos suspeitos em cidades da região.

03 casos suspeitos em Divinópolis; 02 casos suspeitos em Formiga e 01 caso suspeito em Córrego Fundo.

Divinópolis

Três casos suspeitos foram confirmados em investigação pela SES-MG em Divinópolis na última segunda-feira (2).

Contudo, em nota o Executivo esclarece que os casos foram descartados. Veja o texto abaixo.

Continua após a publicidade

Na semana passada, o Executivo adotou o protocolo para casos suspeitos da doença, após uma pessoa do sexo masculino, de idade não informada, ter dado entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com vômito e diarreia. Ele informou que fez um cruzeiro pela América do Sul.

A Prefeitura se manifestou sobre as suspeitas confirmadas pela SES-MG na segunda, através de nota. Leia abaixo.

"A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) informa que já está monitorando os casos de 3 suspeitas de Coronavírus. As pessoas fizeram uma excursão a Europa, que passou na Itália. Dentro do avião havia uma senhora que estava com dificuldades respiratórias. Como no voo tinha uma médica, ela orientou procurassem a Semusa. A senhora foi diagnosticada com uma síndrome respiratória aguda, mas por precaução foi colocada em quarentena, juntamente com outras pessoas que apresentavam sinais de gripe. A Semusa coletou as amostras para os exames e notificou a Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Os resultados dos exames chegaram nesta segunda-feira (2) e as suspeitas foram descartadas, porém a Semusa ainda não fechou os casos no sistema estadual, pois quer fazer mais uma visita aos pacientes e verificar se está tudo em ordem".

Em nota, a Prefeitura de Divinópolis explicou que a Secretaria Municipal de Saúde está comunicando ao estado que os três casos suspeitos na cidade foram descartados.

Formiga

Continua após a publicidade

Na última terça-feira (3), a Santa Casa de Formiga informou que uma funcionária da unidade foi afastada por suspeita de coronavírus.

Em nota publicada na data, a assessoria de comunicação da instituição a funcionária voltou recentemente da Itália e apresentou sintomas gripais. Ela está em isolamento domiciliar e a Vigilância Epidemiológica da Prefeitura foi notificada.

A nota explicou ainda que o isolamento foi uma medida de precaução até que se tenha o diagnóstico correto. Para preservar a integridade da funcionária, a unidade não pode divulgar mais dados sobre a mesma.

“A funcionária encontra-se em bom estado clínico, sem necessidade de internação e será mantida em isolamento respiratório domiciliar, sendo o acompanhamento feito pela Secretária Municipal de Saúde”, diz a nota da Santa Casa.

Vale ressaltar que a cidade de Arcos não possuiu nenhum caso suspeito da doença.

Continua após a publicidade