Neste domingo, 22 de março, Dia Mundial da água, temos muitas coisas boas para celebrar, pois de outubro de 2019 até Fevereiro de 2020, a Emater MG Arcos, 'gerenciou o plantio' de mais de cento e um milhões e quinhentos mil litros de água

A EMATER-MG Arcos, a Prefeitura Municipal de Arcos e as valiosas parcerias, trabalharam constantemente promovendo a conservação da água, solo, plantas, animais e sobretudo o desenvolvimento da classe rural que garante alimento para toda população.

Hoje, agradecemos aos parceiros e mais ainda as famílias rurais que são as maiores protetoras da água que abastecem as cidades e geram a produção de alimentos. Nosso respeito e carinho sempre e em especial no dia Mundial da água.

Foram vários projetos aprovados e implantados que tiveram impacto positivo sobre a qualidade e quantidade de água no município. Com resultados gerados temos o Projeto PROMANCIAIS da Copasa, projeto CEMIG, Projeto Nordesta Reflorestamentos educação, projeto Rotary Club Arcos e projeto Revitalização Rio São Francisco.

Dentre estes, nesta celebração do dia mundial da água, vamos aprofundar no projeto de Revitalização do Rio São Francisco que destinou R$127.750,00 para o município de Arcos-MG,

O projeto de revitalização do Rio São Francisco é fruto da parceria do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da EMAER-MG, com o governo Federal, por meio da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaiba (Codevasf) e Prefeituras.

O Projeto é fundamental para a segurança hídrica e o desenvolvimento rural sustentável das bacias que asseguram a vida do Rio São Francisco.

Continua após a publicidade

Para participar do projeto e obter os recursos para o município de Arcos, feito um projeto pela EMATER-MG envolvendo as instancias das unidades central, regional de Divinópolis e local em Arcos juntamente com a Prefeitura Municipal de Arcos.

Pelo projeto, foi implantado m Arcos, nas bacias hidrográficas do Rio São Domingos 250 bacias de captação (barraginhas) para colher águas de chuvas e 25 km de terraços em nível (curva de nível) que também captam as águas superficiais além de proteger a terra, plantas e os córregos e rios de assoreamentos.

Somente essa ação garantiu o plantio de mais de 101.500.000 (cento e um milhões e quinhentos mil litros de água) nas terras das áreas de 11 famílias rurais das bacias do Rio São Domingos contempladas pelo projeto.

Se não tivesse os terraços e as barraginhas toda essa água iria embora e ainda causaria erosões e levaria terra e outros materiais para assorear os corpos d’água.

Brindamos com todos aqueles que participaram direta e indiretamente de todas as ações benéficas ao meio ambiente de Arcos.

Sendo bem cauteloso, pelo menos cento e um milhões e quinhentos mil litros de água ou mais estão guardados e sendo liberados suavemente para os rios em forma de nascentes e outros meios inteligentes da natureza. Gratidão a todos.

Continua após a publicidade

FELIZ DIA MUNDIAL DA ÁGUA. Os que desejarem, peguem um copo de água façam uma oração e bebam em oferenda a Deus para nos abençoar a continuarmos protegendo nosso meio ambiente como um todo.

Acompanhem os cálculos para chegar a esse número que vai ser ampliado a cada período chuvoso:

Terraço em nível – foram feitos 25 mil metros (25km)

Cada metro retém no solo = 750 litros x 25.000 metros = Dezoito milhões e setecentos cinquenta mil litros de água

Se nestas chuvas tivemos enchimento e esvaziamento de 4 vezes teremos: 75 milhões de litros de água.

Bacias de captação (barraginhas)

Continua após a publicidade

Cada barraginhas retém na terra, 30.000 litros de água cada vez que enche e esvazia.

Foram feitas 250 a 30.000 litros = 7 milhões e 500 mil litros de água = 7.500.000 litros

Considerando ter enchido e esvaziado 4 vezes nessas chuvas

31.500.000 de litros de água retidos nos solos de Arcos.