Na noite de domingo (28), durante Operação Lei Seca no KM 475 da Rodovia Federal BR 354, Policiais Rodoviários da cidade de Formiga, abordaram um automóvel VW / Parati 16V, com placas de São Sebastião do Oeste / MG, sendo verificado que o condutor de 36 anos, natural de Bambuí / MG encontrava-se com vários sintomas de embriaguez, tais como, hálito etílico, fala desconexa e olhos avermelhados, e após soprar o bafômetro, obteve-se o resultado de 0,93 miligramas por litro de ar alveolar expelido pelos pulmões, medida que está 23 vezes acima do permitido.

De acordo a Polícia Rodoviária, os militares deram voz de prisão ao condutor do veículo que também é inabilitado e relatou ter ingerido 06 cervejas durante a tarde em um bar em Arcos.

Ainda de acordo com os Militares, a mãe do condutor, de 60 anos, natural da cidade de São Sebastião do Oeste, que era passageira do automóvel e também estava com sinais de embriaguez, ficou muito exaltada, começou, segundo os Policiais a dar escândalo na rodovia e também a desacatar os militares, dizendo que: 'eles não valiam nada, chamando-os de vagabundos e de diversos outros palavrões', tudo isso perante uma testemunha que acompanhava a ocorrência.

O condutor que possui passagens por Tráfico de Drogas na cidade de Lagoa da Prata, Porte Ilegal de Arma de Fogo em Iguatama, Direção Perigosa em Arcos e já ficou preso nos presídios de Formiga e Lagoa da Prata, foi preso pelo crime de dirigir veículo automotor embriagado e sua mãe foi presa por desacato, sendo ambos conduzidos até a Delegacia Regional de Formiga. Ele ainda foi multado em R$ 4.988,99 e irá responder na justiça pelo crime de embriaguez ao volante. Já a idosa irá responder pelo crime de desacato.

O veículo foi removido para o pátio do guincho credenciado da cidade de Arcos.