Na madrugada desta quarta-feira (05), a Polícia Militar Rodoviária foi acionada e compareceu em um posto de combustíveis na BR354 na cidade de Arcos para atendimento de uma ocorrência.

Os militares receberam denúncia de que havia uma carreta Scania, emplacada em São Joaquim de Bicas, realizando manobras perigosas dentro do pátio do Posto Juá, localizado às margens do KM 471 da BR 354 em Arcos, onde o motorista “quase batia nas bombas de abastecimento”.

Os Policiais Rodoviários da cidade de Formiga, deslocaram até o local, onde depararam com a carreta transitando pela citada rodovia já no KM 472, no sentido Arcos, em ziguezague e com a porta do motorista aberta.

A abordagem foi realizada, juntamente com uma viatura da Polícia Militar de Arcos, sendo verificado que o condutor de 37 anos, natural e residente em Belo Horizonte, encontrava-se com vários sintomas de embriaguez, tais como, hálito etílico, fala desconexa, olhos avermelhados e encontrava-se também agressivo, reagindo a abordagem e recusando-se a soprar o bafômetro.

Mesmo diante da recusa, diante da constatação da  alteração da capacidade psicomotora pelos Policiais, o condutor que relatou ter ingerido cerveja, durante sua prisão também desacatou os Policiais Rodoviários chamando-os de "Vagabundos e Filhos da P..a", perante testemunha e, por estes motivos, o homem foi preso pelos crimes de embriaguez ao volante, resistência, desacato e direção perigosa, sendo conduzido até a Delegacia Regional de Formiga.

Ele ainda foi multado em R$ 2.934,70 e irá responder na justiça pelos crimes citados.

A C.N.H do condutor foi recolhida, ele perdeu 7 pontos na carteira, terá o direito de dirigir suspenso por 12 meses e a carreta foi removida para o pátio do guincho credenciado na cidade de Arcos.

Continua após a publicidade