Um homem de 21 anos foi preso e um adolescente, de 17, apreendido pela Polícia Militar na tarde de sexta-feira (11). A ocorrência foi motivada por uma denúncia via 190 dando conta que um grupo de rapazes estaria traficando drogas no final da rua Campo Belo, bairro Nossa Senhora Aparecida.

No local, os suspeitos foram abordados e detidos após ser encontrada uma sacola contendo 14 papelotes de cocaína. Envolvidos foram encaminhados à delegacia para as demais providências da Polícia Civil.

Também seguiram apreendidos: um aparelho celular e R$ 25,00 em dinheiro.

Já no sábado (12), pouco depois das 21 horas, militares receberam informações sobre dois cidadãos estarem conduzindo drogas em uma moto nas proximidades da BR-354, altura do bairro Calcita.

Foi feita a abordagem e os policiais encontraram uma sacola contendo três porções de cocaína com eles. Com o flagrante, os autores indicaram onde havia mais drogas, sendo apreendida outra porção da mesma substância e uma porção de maconha.

Os infratores, de 25 e 19 anos, foram presos e conduzidos à delegacia de Formiga, ficando à disposição da Polícia Civil.

No domingo (13), às 14h20, a PM foi acionada a comparecer à rua Tenente Florêncio Nunes, bairro Brasília, por causa de uma confusão envolvendo dois homens. Um deles estava com o som ligado em alto volume e se negou a cessar a perturbação.

Continua após a publicidade

O vizinho que solicitou a presença dos militares, de 49 anos, foi agredido após tentativa de diálogo com o autor, que tem 25 anos. Tanto o cidadão quanto a mulher dele foram presos pelo crime de lesão corporal e conduzidos à delegacia. O aparelho de som foi apreendido e seguiu com a ocorrência.

Ainda no Domingo (13), entre 20 e 21 horas, a Polícia Militar realizou uma operação para inibir as ocorrências de perturbação do sossego causadas pelo som em alto volume provocado por veículos.

Foram apreendidos três automóveis e uma caminhonete, todos na área central da cidade. Tal medida administrativa se deu pelo fato de os condutores ferirem o previsto no Código de Posturas Municipal, além da contravenção penal preconizada no Código de Trânsito Brasileiro.

Confira o áudio de Sargento Jonas Otaviano Costa.